Rihanna acumula fortuna de US$ 600 milhões e se torna artista feminina mais rica da música

riri
Rihanna na abertura da primeira pop-up store da Fenty em Paris. Foto: Martin Bureau/AFP

Com uma fortuna US$ 600 milhões (R$ 2,3 bilhões), a cantora Rihanna, 31, tornou-se a artista feminina mais rica da música, segundo lista divulgada pela revista Forbes, na última terça-feira (4).

A artista desbancou, simplesmente, a pop star Madonna, que está com US$ 570 milhões (R$ 2,2 bilhões) em patrimônio.

Rihanna enriqueceu com os lançamentos de discos, singles e shows e também com a criação da marca de cosméticos Fenty Beauty, que é parte da LVMH (de Christian Dior e Louis Vitton). Com isso, ela ainda se torna a primeira mulher negra a estar no comando de uma importante marca de luxo.

Inspirada no nome completo da artista, Robyn Rihanna Fenty, a marca vai além dos produtos de beleza com joias, lingeries, além de roupas e acessórios que atendem a diversidade de corpos e tamanhos.

Os negócios de Rihanna se beneficiaram, segundo a revista, do crescimento da indústria de cuidado pessoal nos Estados Unidos nos últimos anos, com recordes de faturamento em 2017.

Atrás de Rihanna e Madonna estão Céline Dion, com uma fortuna de US$ 450 milhões (R$ 1,7 bilhões), e Beyoncé, com US$ 400 milhões (R$ 1,5 bilhões).

Leia mais:

Como Rihanna pretende revolucionar a moda dirigindo uma marca de luxo

Rihanna confirma álbum de reggae e comenta possível colaboração de Lady Gaga e Drake

Rihanna apresenta desfile de lingerie cheio de diversidade na Semana de Moda de Nova York