Risco de usar o celular enquanto dirige é alvo de alerta durante o Maio Amarelo

Foto Patrick Rodrigues, BD 21/05/2016

Qualquer pessoa que dirige pelas cidades ou mesmo pelas estradas brasileiras com certa regularidade já viu motoristas dividindo a atenção entre o volante e as redes sociais ou os aplicativos de mensagens instantâneas. Os riscos associados a esse hábito são grandes. Ao desviar os olhos para a tela do celular durante 5 segundos para enviar um recado, por exemplo, o motorista que trafega a 80 km/hora dirige 110 metros sem olhar para a estrada.

Não por acaso, a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego indica que o uso de celular ao volante é a terceira maior causa de fatalidades no trânsito no País, atrás apenas do excesso de velocidade e da embriaguez ao volante. A distração com o uso do aparelho aumenta em quatro vezes a chance de o condutor se envolver em um acidente. Principalmente porque há aumento no tempo de reação e diminuição da capacidade de visão periférica do motorista. Proibido pelo Código Brasileiro de Trânsito, o uso do celular ao volante é considerado infração gravíssima.

Alertar sobre os riscos desse hábito é uma das bandeiras do Maio Amarelo, criado para conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção aos acidentes de trânsito. Em 2019 o tema da ação no Brasil é “No trânsito, o sentido é a vida”. A intenção é conscientizar a todos sobre os riscos da imprudência, da imperícia e da desatenção, listados como causa de grande parte dos acidentes nas ruas e estradas brasileiras.

Foto divulgação

Em Santa Catarina, a Dimas Automóveis, rede de concessionárias com lojas em Florianópolis, São José, Brusque, Tijucas e São Bento do Sul, aderiu ao Movimento e colocou diante de uma de suas lojas um carro capotado ao lado de uma placa que destaca o risco de dirigir e digitar ao mesmo tempo.

A ação tem ainda um vídeo publicado nas redes sociais que traz uma troca de mensagens entre marido e mulher que resulta em acidente automobilístico. A mensagem da concessionária é “Permita que Encontros Aconteçam – Não utilize o celular enquanto dirige”.

– Alertar as pessoas para o risco da imprudência e incentivar a adoção de práticas mais seguras entre condutores, pedestres e passageiros é muito importante. Acreditamos que o maio amarelo seja um catalisador desse esforço em favor de um trânsito mais seguro – diz o gerente de marketing do Dimas, Edson Santana.

A Organização das Nações Unidas (ONU) definiu em maio de 2011 que os anos seguintes seriam a Década de Ação para Segurança no Trânsito.

Mais de Estilo de Vida:
Menos educação significa mais miséria, mais preconceito, mais violência
Desapegue: projeto de moda consciente inaugura nesta quarta-feira em Floripa
Dia Mundial da Hipertensão Arterial: médicos revelam preocupação com o aumento da doença entre jovens