Risoto de Linguiça Blumenau: como fazer essa delícia muito consumida na Oktoberfest

Foto reprodução

Ícone gastronômico do Vale do Itajaí por meio dos imigrantes alemães, a Linguiça Blumenau surgiu da necessidade de manter a carne conservada por mais tempo. Segundo a Oficina das Palavras, como na época Pomerode fazia parte do distrito de Blumenau, os visitantes de outras cidades sempre pediam ‘a linguiça de Blumenau’ e por isso ela foi batizada com o nome do município, em forma de homenagem.

– É um produto que traz heranças da colonização germânica, com adaptações de outros imigrantes. A linguiça Blumenau é a representante do mix de pessoas que fizeram parte da nossa história e das melhorias que cada geração aplicou no seu preparo – afirmou Juliet Langaro em entrevista para a Versar na edição anterior da festa.

O clima da região e o processo de defumação artesanal deixaram o produto com a cara do Vale Europeu e o público logo aprovou a receita. Porém, a iguaria, produzida com carne de porco, era inicialmente consumida apenas com o pão, não em rodelas, mas como uma espécie de patê. Hoje, a Linguiça Blumenau faz parte de outras tantas receitas, e é bastante consumida durante a Oktoberfest. 

Confira uma das receitas deliciosas em que a Linguiça Blumenau tem papel de protagonista.

Risoto de Linguiça Blumenau por Richard Ricelle, consultor gastronômico da Bier Vila

Receita

  • 200 g de arroz arbóreo
  • 100 g de Linguiça Blumenau
  • 240 g de molho quaro queijos
  • 10g de cebola
  • 60 ml de cerveja Dunkel

Modo de preparo

 

Agradecimento:

Produção: Lucca Koch

Imagens e edição: Alessandro Mafra – Leke Filmes

Receita: Richard Ricelli

 

VÍDEO: Conheça os atrativos da Oktoberfest, que reúne 500 mil pessoas em Blumenau

Tradicional, sim. Careta, nunca! Conheça Karoline Gehrke, a rainha da Oktoberfest 2018
Alto astral, clima germânico e 33 atrações agitam o Camarote Oktoberfest mit Eisenbahn 2018