Saiba como melhorar as suas selfies

Especialista dá dicas para garantir auto retratos que valorizam as características de cada rosto

selfie
Foto: Pexels

Há 20 anos, quem imaginaria que quase todas as pessoas do planeta teriam em mãos um dispositivo digital capaz de fotografar e armazenar os registros de forma simples e instantânea. Se antes os registros fotográficos eram bem mais limitados, hoje o avanço da tecnologia, não só tornou possível que qualquer pessoa produza suas próprias fotos de forma ilimitada como estreou e popularizou um novo conceito na fotografia: as selfies. Para destacar as principais formas de conseguir os melhores autorretratos, o fotógrafo e professor de fotografia, Michel William, preparou uma lista com dicas preciosas para explorar ângulos e tirar selfies mais bonitas.

Use o timer

Para o especialista, retardar o disparo da câmera em alguns segundos evita que as fotos fiquem tremidas e borradas.

— Em situações de pouca luminosidade, o simples ato de apertar o botão de disparo pode movimentar a câmera levemente ocasionando esses problemas, e quando você retarda o disparo em 2 ou 5 segundos após apertar o botão, você tem tempo para estabilizar a sua mão e consequentemente o celular — , afirma.

Escolha o melhor ângulo

Segundo Michel William, outra boa dica é buscar o ângulo que melhor funciona para cada um, evitando as perspectivas extremas, muito alto, muito baixo ou muito de lado.

— Aproxime e afaste a câmera do seu rosto, faça testes buscando o melhor resultado, isso ajudará você também a ser mais ágil quando estiver passeando ou se divertindo. E não esqueça de olhar para a lente e não para o display — , detalha o especialista.

selfie
Foto: Pexels

Controle a exposição

A luz certa faz toda a diferença na qualidade das fotos e para que elas não fiquem muito escuras ou muitos claras o segredo é controlar a exposição. O fotógrafo Michel William explica como fazer:

— A maioria dos smartphones modernos tem um sisteminha de controle de exposição de fácil acesso, no meu está na tela mesmo, basta eu colocar o dedo ao lado do botão de disparo que ele aparece com um símbolo de uma lâmpada, eu coloco o meu dedo sobre ela e arrasto para baixo ou para cima até escolher a exposição mais correta e click.

Flash emprestado

Outro ponto relevante apontado pelo especialista é escolher a posição da fonte de luz.

— Nós profissionais, ao contrário do que as pessoas podem pensar, não gostamos de usar o flash em cima da câmera alinhada com a lente, porque nessa posição o facho de luz elimina as sombras e tira o volume que as sombras geram. Então sugiro o mesmo para as selfies, basta pedir para algum amigo para usar apenas a lanterna do aparelho dele. Lembrando de que a luz deve estar um pouco acima da sua cabeça mas direcionada ao seu rosto e num ângulo de 30 a 45 graus, para a esquerda ou direita, dessa forma suas selfies não ficarão com uma luz chapada e as linhas do rosto serão ressaltadas — , completa Michel.