Selton Mello volta às novelas da Globo após 20 anos

selton
Foto: Instagram/Reprodução

*Leonardo Volpato

Conhecido por seu trabalho em diversos filmes e séries, o ator Selton Mello, 46, vai voltar às novelas em 2020. A informação foi confirmada pelo próprio artista em sua rede social.

— A última novela foi no ano 2000. Uma trama das 18h. Voltarei em uma trama das 18h. Será minha décima novela. Voltando animadíssimo para a escola! Ali, nas novelas, cresci ao lado de grandes atores e eles me ensinaram muito, mas muito, sobre minha profissão — contou ele, que poderá ser visto no ano que vem na novela de época “Nos Tempos do Imperador”, dirigida por Vinicius Coimbra.

 

Ver essa foto no Instagram

 

20 anos. A última novela foi no ano 2000. Uma trama das 18h. Voltarei em uma trama das 18h. Será minha décima novela 😉 Voltando animadíssimo pra escola! Ali, nas novelas, cresci ao lado de grandes atores e eles me ensinaram muito, mas muito, sobre minha profissão. Volto dirigido pelo parceiro Vinicius Coimbra, com quem fui muito feliz, na releitura de “Ligações Perigosas”. Volto em uma trama escrita por grandes talentos, com quem eu nunca havia trabalhado: Thereza Falcão e Alessandro Marson. O motivo maior é o moço da foto. O Imperador do Brasil. Dom Pedro II. Um retrato do fim da Monarquia. Amei fortemente a ideia de vasculhar nosso passado, poder viver um personagem histórico, com todo seu peso mítico, e ao mesmo tempo um homem, com suas contradições. “Nos tempos do Imperador”. Doido pra botar a mão na massa, criar algo vindo do coração e invadir a casa de vocês, diariamente, em 2020. Estava com saudades. 😊❤

Uma publicação compartilhada por Selton Mello (@seltonmello) em

A história será escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, autores com os quais Mello nunca trabalhou. Já com Coimbra ele pode trabalhar na releitura de “Ligações Perigosas (2016).

Na trama, o ator viverá o próprio imperador do Brasil, Dom Pedro II.

— Um retrato do fim da Monarquia. Amei fortemente a ideia de vasculhar nosso passado, poder viver um personagem histórico, com todo seu peso mítico, e ao mesmo tempo um homem com suas contradições. Doido para botar a mão na massa, criar algo vindo do coração e invadir a casa de vocês, diariamente, em 2020. Estava com saudades — publicou.

A primeira novela de Mello foi em 1981, “Dona Santa”. Depois, ainda criança, ele participou de tramas como “Braço de Ferro” (1983) e “Corpo a Corpo” (1984). Viveu papéis também em “Pedra sobre Pedra” (1986) e, o último, em “Força de um Desejo” (1999-2000). Dentre as séries, ele participou de “O Mecanismo” mais recentemente.

Leia também:

Segunda temporada de “O Mecanismo” entra no catálogo da Netflix em maio

“Vai ter gente olhando pelo seu viés”, diz José Padilha sobre a série ‘O Mecanismo’