Samsung dá indícios de que anunciará o primeiro smartphone com tela dobrável em novembro

Um teaser da Samsung Developer Conference publicado no Twitter oficial da empresa aumentou as especulações de um possível lançamento do aparelho

Vídeo lançado pela Samsung em 2014 mostra o conceito do smartphone com tela dobrável. Foto: Reprodução / Youtube

Você já imaginou um celular dobrável, com duas telas, que você pode fechar e guardar no bolso como se fosse uma carteira? Ao que tudo indica, a Samsung já teve esta ideia e há indícios de que o lançamento do aparelho inovador vá ocorrer em breve.

As especulações começaram a tomar forma quando, no início deste ano, um dos CEOs da empresa sul-americana, Koh Dong Jin, disse à CNBC que a Samsung pretende lançar, ainda este ano, um smartphone com a tela dobrável. Durante a entrevista, Koh não explicou como funcionaria o aparelho, mas insinuou que mais novidades seriam trazidas durante a Samsung Developer Conference, que será realizada nos dias 7 e 8 de novembro, conforme um post publicado na página oficial do Twitter da empresa na última semana.

Se alguém já desconfiava que o “smartphone do futuro” estava mesmo a caminho, teve ainda mais motivos para acreditar na ideia depois da postagem anunciando a conferência. No vídeo teaser que foi publicado, a primeira imagem que se pode ver é de uma linha sútil que se transforma em duas, como se fosse uma seta, acompanhada da mensagem “Where now meets next” (“Onde o agora encontra o amanhã”, em tradução livre). Logo após a frase, as datas da conferência são anunciadas. Em resposta ao post, alguns usuários especularam se finalmente conheceriam o primeiro smartphone de tela dobrável do mundo.

Há alguns anos, a empresa já havia dado indícios de que vinha planejando o lançamento de um aparelho com tela flexível, quando apresentaram na feira de tecnologia Consumer Electronics Show, em 2013, um protótipo de uma tela totalmente flexível, com a possibilidade de ser enrolada como um pedaço de papel. Em 2014, a Samsung também lançou um vídeo conceito de um celular com a tela dobrável.

Desde então, quatro anos se passaram sem nenhuma novidade sobre o suposto novo aparelho até que pudéssemos sentir novamente o gosto de uma possível novidade no mundo tecnológico.