Espetáculo formado por pessoas trans, travestis e não binárias une crítica e circo em Florianópolis

A obra aborda as temáticas de gênero e sexualidade de uma maneira ácida e provocativa, carregada de humor

Sui Generis
Espetáculo Sui Generis (Foto: Divulgação)

Crítica, humor e circo: é o que pulsa no espetáculo “Sui Generis”, da Cia. Fundo Mundo. Com criação e elenco formado integralmente por pessoas transgêneras, travestis e não binárias, a peça aborda as temáticas de gênero e sexualidade de uma maneira ácida e provocativa, carregada de humor. Contando com performances de acrobacias aéreas, malabarismo, bambolê, música e poesia, artistas desafiam o público a sair de sua zona de conforto. O espetáculo será apresentado neste domingo, dia 20, às 21h, na Casa do Palhaço.

Através de linguagem acessível e popular, o grupo traz reflexões que extrapolam o senso comum, sem deixar de lado todo o encantamento que o universo circense proporciona.

“Sui Generis” integra o Festival de Verão de 2019, que reúne diversos espetáculos de circo, palhaçaria e teatro. O Festival ocorre durante os meses de janeiro e fevereiro na Casa do Palhaço, antigo Circo da Dona Bilica, no Morro das Pedras. O espaço fica na Rua Manoel Pedro Vieira, 601. O ingresso é via contribuição espontânea.

Serviço:

20 de janeiro de 2019 , às 21h

Casa do Palhaço – Rua Manoel Pedro Vieira, 601 – Morro das Pedras – Florianópolis.

Ingressos via contribuição espontânea

Classificação Indicativa: 14 anos

Ficha Técnica:

Elenco: Helen Maria, Ian Maini, Juno Nedel, Lui Castanho, Noam Scapin, Vulcanika Pokaropa

Criação e direção: Cia. Fundo Mund

Leia também:

Livro revela a história de um dos mais importantes grupos de teatro de Santa Catarina

Nos direitos humanos, no esporte, na cultura: 10 mulheres que marcaram 2018