Elisabeth Moss vê semelhanças entre a série “The Handmaid’s Tale” e os dias atuais

Foto: Reprodução

Protagonista da série The Handmaid’s Tale, a atriz Elisabeth Moss, 36 anos, fez uma comparação da trama com os dias atuais. Inspirado no livro homônimo da canadense Margaret Atwood, a história mostra uma sociedade dominada por um regime totalitário.

Na série, as mulheres são propriedade do estado, proibidas de ler e escrever, por exemplo. Chamadas de aias, elas são obedientes a seus patrões e algumas são obrigadas a gerar filhos para famílias de elite.

Elisabeth se refere especialmente ao Estados Unidos, após a eleição do presidente Donald Trump.

– Nunca interpretei uma história com paralelos tão claros com o que está acontecendo na realidade ao meu redor – disse a atriz em entrevista à Revista Marie Claire. A intérprete da personagem Offred estampa a capa da edição de novembro da publicação.

– Não imaginávamos que precisaríamos nos agarrar novamente às causas feministas como fizemos nos últimos meses. O movimento me transformou – completou.

O uniforme das aias da série tornou-se um símbolo de luta e resistência. A famosa capa vermelha já foi copiada por ativistas em protestos nos Estados Unidos e no Brasil também.