Tipo de cueca influencia na produção de espermatozoides, revela estudo feito em Harvard

Pesquisa foi além da análise da qualidade do sêmen e avaliou outras variáveis

cueca
Foto: H&M / Divulgação

Homens que usam cuecas boxer têm concentrações maiores de espermatozoides do que aqueles que usam roupas íntimas justas, revelou um estudo feito na Escola de Saúde Pública de Harvard, nos Estados Unidos. O material foi publicado nesta semana em um dos mais importantes periódicos de reprodução, o Human Reproduction.

Diferentemente dos outros levantamentos sobre o tema, a pesquisa incluiu um número maior de homens (656) e foi além ao considerar não apenas a qualidade do sêmen: incluiu uma série de indicadores de função testicular, como hormônios reprodutivos e danos de DNA do espermatozoide.

Para obter os resultados, foram recrutados casais que procuraram tratamentos para infertilidade no Massachusetts General Hospital entre 2000 e 2017. Os homens, com idades entre 18 e 56 anos, tiveram amostras de sêmen e sangue coletados e também responderam a um questionário sobre o tipo de roupa íntima que usaram nos três meses anteriores à coleta.

Do total, 345 (53%) reportaram usar cuecas tipo boxer. Foi identificado que eles tinham uma concentração de espermatozoides 25% maior, 17% a mais na contagem de espermatozoides. A quantidade dos espermatozoides móveis também foi 33% nos que utilizavam boxer, em comparação aos outros tipos de cueca.

— Fomos capazes de investigar a relação potencial entre o tipo de roupa íntima usada e os indicadores de função testicular — avalia a Lidia Mínguez-Alarcón, líder do estudo.

Apesar dos achados, os pesquisadores alertam que não é possível generalizar os resultados a todos os homens, afinal, o estudo considerou apenas aqueles que frequentavam centros de fertilidade.

Leia também: 

Sapato masculino: descubra o modelo ideal para cada ocasião

“Ainda encontramos resistência na discussão das masculinidades”, diz Mário Queiroz

Saiba o que vai bombar na moda masculina no litoral de SC