Vai um “cafevinho”? Conheça o wine-coffee, combinação das duas bebidas

Café, infuso em vinho californiano, seria a melhor bebida já inventada?

Fotos: Divulgação

Recebemos uma encomenda vinda da Califórnia. Abrimos a caixa e que surpresa! Um presente da Molinari Caffe, de Napa, pedindo que provássemos o seu produto: grãos de café infusos no vinho!

Molinari Private Reserve diz que vinho e café possuem suas semelhanças, então por que não combiná-los de uma forma que ninguém testou antes, pegar o vinho e “torrá-lo” junto com os grãos de café?

Apesar da ideia não ser nova, Rick Molinari foi o visionário que combinou suas duas paixões com sucesso, trazendo até nós essa perfeita harmonização.

O café forte, complexo, com 100% de grãos verdes de Arábica, cultivado em sua maioria do Equador e solo vulcânico, relaxa em vinho artesanal, absorvendo todo o seu aroma. Após este processo o café é cuidadosamente torrado a mão em pequenos lotes.

cafemolinari
Fotos: Divulgação

E a experiência?

A primeira coisa que você sente é o cheiro característico do vinho e notas de blueberry. Adicionando leite, o sabor de vinho se destaca. Já usando uma maquina de expresso, temos os aromas do café em primeiro lugar.

Baristas profissionais falam que o café é “encorpado”, “full-bodied” e tem “aromas de pequenas frutas vermelhas”

Realmente é incrível a combinação, e como os aromas mudam nas diferentes formas de preparo.

Assim como o vinho, o café fica melhor após descansar um tempo depois do preparo.

Outro apelo nas vendas da Molinari está em ter o dobro de antioxidantes que os grãos normais de café.

Meia libra do café custa $20 dólares. Se você ama estas duas bebidas, coloque em sua lista de desejos.

Leia mais colunas de Loco por Vino