Veja quatro dicas de filmes com lindos figurinos para assistir nas férias

Como essa coluna fala de moda, separei quatro sugestões de belos figurinos para você apreciar no conforto da sua casa

Bonequinha de Luxo
Bonequinha de Luxo (Fotos: Reprodução)

Como estamos no recesso de fim de ano, uma excelente dica é aproveitar para assistir a filmes clássicos. Como essa coluna fala de moda, separei quatro sugestões de belos figurinos para você apreciar no conforto da sua casa.

BONEQUINHA DE LUXO

Com certeza você já deve ter visto a cena da atriz Audrey Hepburn em frente à loja Tiffany’s. Esse lindo filme estrelado por ela é de 1961 e traz um figurino impecável assinado pelo estilista Hubert de Givenchy, falecido em março de 2018. A história traz a jovem Holly Golightly, uma acompanhante de luxo, que deixa sua cidade mudando-se para Nova Iorque com o intuito de casar com um homem rico e tornar-se atriz em Hollywood. Bonequinha de Luxo tem direção do importante produtor e roteirista americano Blake Edwards.

O GRANDE GATSBY

O Grande Gatsby
O Grande Gatsby

Miuccia Prada usou o vasto acervo da Prada para criar os luxuosos e glamourosos figurinos do romance O Grande Gatsby, adaptação do clássico livro de F. Scott Fitzgerald. Nessa versão de 2013, Baz Luhrmann retrata o excêntrico milionário Jay Gatsby, conhecido por suas festas em Nova Iorque, porém ninguém sabe sua origem. O filme não chama atenção apenas pelos figurinos, mas também pelos efeitos visuais que deixam os espectadores sem fôlego.

MARIE ANTOINETTE

Marie Antoinette
Marie Antoinette

Considerada uma das melhores figuristas americanas, Milena Canonero, várias vezes premiada com o Oscar, assina os maravilhosos trajes e vestidos usados em Marie Antoinette, de 2006, com direção e roteiro da brilhante Sofia Coppola. O filme é baseado no livro biográfico de Antonia Fraser e conta a história da jovem rainha da França do século 18, Maria Antonieta, ao ser enviada ainda adolescente à França para se casar com o príncipe Luis XVI como parte de um acordo entre os países.

O GRANDE HOTEL BUDAPESTE

O Grande Hotel Budapeste
O Grande Hotel Budapeste

Nossa quarta posição também tem Milena Canonero nos créditos. Grande Hotel Budapeste, de 2014, aborda com muito bom humor a relação de amizade entre o zelador Gustave H e Zero Moustafa – um jovem empregado –, que se conhecem entre as duas guerras mundiais e vivem as aventuras mais improváveis juntos, como o roubo de um famoso quadro do Renascimento, a batalha pela grande fortuna de uma família e as transformações históricas durante a primeira metade do século 20.

Leia mais colunas de Lucca Koch