Xuxa perde processo para o Google em ação sobre o filme “Amor, Estranho Amor” , diz site

Apresentadora ingressou na Justiça para tentar remover das buscas frases que relacionem seu nome a palavras como "pedofilia "

xuxa
Foto: Divulgação/Divulgação

Xuxa Meneghel sofreu mais uma derrota na batalha que trava contra o Google na Justiça. Segundo informações do portal Uol, a apresentadora voltou a ter recurso negado em ação movida contra a multinacional para remover do sistema de buscas frases que relacionem seu nome à palavra pedofilia e derivados – como “Xuxa pedófila”. Ela também buscava a exclusão de termos que a vinculam ao filme Amor, Estranho Amor (1982), que Xuxa estrelou quando tinha 19 anos. No longa em questão, ela interpreta uma garota de programa e atua em cena picante com um garoto de 12.

Ainda de acordo com o Uol, o processo, que tramita desde 2010, foi julgado em segunda instância, de modo que a apresentadora não poderá mais recorrer. No ano passado, o texto da decisão promulgada dizia que: “Por unanimidade, depois de rejeitadas as preliminares, no mérito, negou-se provimento ao recurso, nos termos do voto da desembargadora relatora Valeria Dacheux Nascimento”.

Em 2013, Xuxa venceu na Justiça a Cinearte Produções e impediu a distribuidora de relançar o filme.

Leia também: 

Xuxa faz cirurgia após complicação com próteses de silicone

“Super Xuxa Contra o Baixo Astral” completa 30 anos e fã faz homenagem ao filme

Xuxa e Angélica cantam juntas em festa de amigos